A Volvo Ocean Race anunciou, no início do ano, a participação de Melbourne na edição 2017-18 da volta. O stop-over australiano será na etapa que liga a Cidade do Cabo a Hong Kong. Segundo a organização, os barcos devem chegar a Melbourne no dia 25 de dezembro, ou seja, no Natal.

A etapa entre a Cidade do Cabo e Melbourne terá 6.300 milhas náuticas. Os barcos vão ficar uma semana na Austrália e não haverá In-port Race - regata local - em Melbourne.  A largada para Hong Kong, será no dia 2 de janeiro do próximo ano. Ao todo, a Volvo Ocean Race terá 45 mil milhas náuticas. Em comparação com a edição anterior, a regata terá três vezes mais navegação nos mares do sul.

Sobre a Austrália

A mudança da rota de 2017-18 colocará a Austrália pela oitava vez no radar da Volvo Ocean Race. No entanto, será a primeira participação do país dos cangurus, em mais de uma década.

A história da Austrália na Volvo Ocean Race remonta à primeira edição em 1973-74. A regata parou pela primeira vez em Melbourne em 2005-06 e agora regressa pela segunda vez. "Estamos muito satisfeitos por visitar Melbourne novamente - uma cidade vibrante, sede de grandes eventos desportivos, com grandes tradições culturais e uma forte herança marítima", disse o chefe de operações da Volvo Ocean Race, Richard Mason.

"Tendo nascido na Austrália, eu não poderia estar mais animado em ver a regata no Down Under (expressão coloquial usada para se referir aos países da Oceania). Os fãs da vela em todo o país vão adorar ver os barcos''. 

As equipes vão deixar Alicante, Espanha, a 22 de outubro e partem para Lisboa, Cidade do Cabo, Melbourne e Hong Kong, com uma passagem por Guangzhou, na China, que não conta para a classificação.

As duas etapas dos mares do sul - da Cidade do Cabo a Melbourne, e Auckland para Itajaí - mais a travessia do Atlântico Norte, já perto do final da regata, de Newport para Cardiff - terão pontuação a dobrar. A etapa mais longa desta edição da Volvo Ocean Race, terá 7.600 milhas náuticas e vai ligar Auckland a Itajaí.

A Volvo Ocean Race anunciou recentemente uma série de grandes mudanças nas regras, desta mítica regata com 43 anos, incluindo um grande incentivo para as equipes competirem com mulheres.

As datas-chave são as seguintes:

Alicante 

Abertura do Race Village -  11 de outubro de 2017

In-port Race de Alicante - 14 de outubro de 2017

Largada da 1ª etapa - 22 de outubro de 2017

- - - -

Lisboa

In-port Race de Lisboa - 28 de outubro de 2017

Largada da 2ª etapa - 5 de novembro de 2017

- - - -

Cidade do Cabo

In-Port Race da Cidade do Cabo - 8 de dezembro de 2017

Largada da 3ª etapa - 10 de dezembro de 2017

- - - -

Melbourne

Largada da 4ª etapa - 2 de janeiro de 2018

- - - -

Hong Kong

In-Port Race de Hong Kong - 27 de janeiro de 2018

- - - -

Guangzhou

In-Port Race de Guangzhou - 4 de fevereiro de 2018

- - - -

Largada da 5ª etapa - 7 de fevereiro de 2018

- - - -

Auckland

In-Port Race  de Auckland - 10 de março de 2018

Largada da 6ª etapa - 18 de março de 2018

- - - -

Itajaí

In-Port Race de Itajaí - 20 de abril de 2018

Largada da 7ª etapa - 22 de abril de 2018

- - - -

Newport

In-Port Race de Newport - 19 de maio de 2018

Largada da 8ª etapa - 20 de maio de 2018

- - - -

Cardiff

In-Port Race de Cardiff - 8 de junho de 2018

Largada da 9ª etapa  - 10 de junho de 2018

- - - -

Gotemburgo

In-Port Race de Gotemburgo - 17 de junho de 2018

Largada da 10ª etapa - 21 de junho de 2018

- - - -

Haia

In-Port Race de Haia - 30 de junho de 2018

Austrália e a Volvo Ocean Race:

11 velejadores australianos participaram na edição de 2014-15: Will Oxley (Alvimedica), Phil Harmer e Luke Parkinson (Abu Dhabi Ocean Racing), Sophie Ciszek, Stacey Jackson e Liz Wardley (SCA), Andrew Cape (Brunel), Chris Nicholson, Tom Johnson e Tom Addis ( Team Wind Vestas), e Jack Bouttell (Dongfeng Race Team).

A Volvo Ocean Race visitou a Austrália sete vezes: Sydney em 1973-74, 1997-98 e 2001-02, Fremantle em 1989-90, 1993-94 e 1997-98 e Melbourne em 2005-06.

Fonte: Volvo Ocean Race - Press Zone

Anuncie